CULTO ao VIVO : transmissão em 22.10

+55 (42) 3223-7870 Rua Ayrton Playsant 458 Centro, Ponta Grossa, Paraná, Brasil
ACESSO para LÍDERES
Estudos bíblicos
A UNÇÃO FAZ A DIFERENÇA
Texto:  Êx 35.31-35 – Lc 11.9-13
 
Introdução: A unção é a presença de Deus. A unção é a glória de Deus que nos respalda no cumprimento do nosso chamado. É a energia, a força, o poder de Deus em nós (Ef 3.20). A unção nos capacita a realizar com eficiência aquilo que jamais conseguiríamos através dos nossos próprios esforços. Todos nós precisamos da unção de Deus. Ela é fundamental para termos bom êxito em tudo.
 
1) A UNÇÃO CAPACITA – Êx 31.1-6 – Sl 92.10
 
Se você se acha incapaz, a unção vai te capacitar. Se você se acha um problema, a unção resolve. Se não podes fazer o que Deus pôs no seu coração, não se preocupe, tudo pode mudar. A unção faz a diferença. Com ela, impossibilidades tornam-se grandes realizações. O jovem Davi venceu o gigante Golias, um experiente duelista profissional. Sansão rasgou um leão pelo meio sem ter nada nas mãos (Jz 14.5,6); com uma queixada de jumento feriu mil homens (Jz 15.15,16). Tudo por causa da unção. Vejamos o exemplo de Jesus: "Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele” (At 10.38). 
 
2) COM A UNÇÃO VOCÊ TORNA-SE UM OUTRO HOMEM – 1Sm 10.6
 
Quem era Jesus antes de ser ungido pelo Espírito Santo? Um simples carpinteiro, nascido em Belém, uma aldeia pobre. Morou na Galileia, uma região sem importância. Viveu numa pequena cidade chamada de Nazaré. Ele era tão discriminado que diziam: “Pode vir alguma coisa boa de Nazaré?” (Jo 1.46).  Jesus, o Nazareno, tornou-se o Salvador do Mundo. Mas isso só foi possível depois de ser ungido pelo Espírito Santo.
 
3) QUANDO A UNÇÃO VEM? COMO RECEBÊ-LA? – At 1.8
 
A unção vem quando o Espírito Santo vem. Jesus mesmo disse: “Mas recebereis poder (unção) ao descer sobre vós o Espírito Santo” (At 1.8). Apenas 120 discípulos de Jesus, gente simples, pobre, humilde, inculta, iletrada, incapaz, que após receberem a unção ficaram tão cheios de poder, ousadia e autoridade que impactaram o mundo.

Conclusão: O Senhor nos ungirá e nos levará a cumprir todo o nosso potencial. Ele fará isso através do Espírito Santo. Ele nos levantará e mudará as nossas vidas. Este é o tempo em que Deus nos usará para fazer grandes coisas na terra. Vamos orar, pedir, buscar, bater e receber a unção do Espírito Santo. Ele quer ter ver com poder.
 
JESUS SE IMPORTA COM VOCÊ!!!
Texto: Marcos 6.48-52 – Salmo 23.1
 
Introdução: Depois de multiplicar cinco pães e dois peixes, e alimentar fartamente cinco mil homens, fora mulheres e crianças (Mc 6.41-44), Jesus despede-se do povo e, sozinho, vai ao monte orar (Mc 6.46). De lá o Mestre vê seus discípulos no meio do mar sofrendo grande dificuldade para continuar a navegação, pois o vento lhes era contrário. Então, foi até eles, andando por sobre as águas. - Assustados, acharam ser um fantasma, mas, Jesus lhes diz: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais! - Vejamos aqui três lições:
 
INSTRUÇÕES PARA OS LARES DE PAZ
Quebra-gelo: Jesus daria alguma instrução fora dos padrões das Escrituras Sagradas?
 
Texto: Mateus 10.1,5-13; Lucas 10.1-9; Lucas 10.17-20
 
Introdução: Aqui Jesus estabelece alguns padrões de conduta para o envio de seus discípulos. Era uma orientação estabelecida dentro da realidade da época. Havia uma disciplina de grupo altamente desenvolvida. Hoje temos outros padrões a serem estabelecidos para que possamos avançar com o evangelho do Reino. Vejamos:
 
1)     JESUS ESTABELECEU REGRAS - Tinham regras de conduta – dois em dois, um precedente da prática Judaica da época. Jesus orienta como os Seus discípulos deveriam comportar-se nos lares e em público (Mc 6.7-13). Da mesma forma em nossos dias, somos representantes de Cristo (2Co 5.20a). Precisamos cuidar da nossa aparência pessoal. Mostrar pontualidade. Levar palavras de esperança e fé aos corações aflitos. Ser educados, usar sempre linguagem simples e amável (Cl 4.6; 2Co 3.2). - Os discípulos iam na frente anunciando Jesus. Nós precederemos Jesus. Ao entrar nos lares o “Agente de Paz” deve dizer: “Paz seja nesta casa!” (Lc 10.5)
 
2)     JESUS OS ORIENTA EVITAREM CONFLITOS DOUTRINÁRIOS - A união à mesa constituía uma sagrada lição de comunhão. Na época os judeus eram puritanos e não comeriam sem averiguar a questão dos dízimos e da pureza dos alimentos. Assim sendo, Jesus estava dizendo: comam de tudo sem questionar. Aqui vemos que Jesus queria evitar conflitos doutrinários (Lc 5.29-32). Portanto, da mesma forma, nos “Lares de Paz” não se deve entrar em questões como: idolatria, finanças, batismo, amuletos, tatuagens, etc. Se for questionado sobre o assunto deve dizer: falaremos sobre isso numa outra oportunidade.
 
3)     JESUS DEU-LHES AUTORIDADE PARA REALIZAREM A MISSÃO - Jesus deu-lhes autoridade (Lc 9.1). As instruções eram explícitas (Lc 10.9), “curem os doentes” e “proclamem o Reino de Deus.” Eles ficaram empolgados por verem o poder sobrenatural de Deus através deles, admirados de que até os demônios lhes obedeciam (Lc 10.17). Porém, o Mestre os adverte dizendo: alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus (Lc 10.20). - Logo após ressuscitar, Jesus aparece e sopra sobre eles o Espírito Santo (Jo 20.19-22) para que continuassem a missão. - Em todas as reuniões devemos orar abençoando os participantes, repreender o mal, curar os enfermos e doentes e, declarar que é a presença e o poder de Jesus que fará daquele lar um “Lar de Paz”. Você representa Jesus na terra e Jesus representa você no céu (Jo 14.12-15).
 
Conclusão: Para os “Lares de Paz” devemos seguir algumas regras e orientações básicas, tais como não entrar em assuntos doutrinários, evitar conflitos e usar a autoridade que Jesus nos deu para fazermos a sua obra na terra.
 
Dicas para sua célula crescer:  Motive os discípulos a orarem e jejuarem para serem “Agentes de Paz” cheios do Espírito Santo. Ficarão empolgados com os resultados.
 
Avisos – 18/08 Retiro de Líderes Teen – 25/08 Retiro de Líderes Rabone – 01/09 Enc Mulheres – 08/09 Enc de Homens – 15/09 Enc Rapazes – 22/09 Enc Moças – 29/09 120
 
SEJA UM NOÉ DE DEUS
SEJA UM NOÉ DE DEUS
 
Texto: Gn 6.5-9
 
Introdução: Você não é o único interessado em salvar sua família. Deus se interessa pela salvação de cada um deles. Ao conhecer Jesus e se entregar a Ele você passou a ser usado pelo Espírito Santo e, isto lhe proporciona o privilégio de poder levar a salvação aos seus amados familiares. Portanto vale lembrar que:
 
A PÁSCOA PARA NÓS
"Livrem-se do fermento velho, para que sejam massa nova e sem fermento, como realmente são. Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi sacrificado.
Por isso, celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da perversidade, mas com os pães sem fermento, os pães da sinceridade e da verdade." (
1ª Coríntios 5.7,8-NVI)

É interessante ver a Páscoa sendo comemorada no mundo inteiro e a maioria das pessoas não saberem o seu real significado. Hoje o coelho tem sido o principal símbolo da Páscoa, mas, o verdadeiro símbolo é o Cordeiro. Não um cordeiro qualquer, mas sim, “O Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (Jo 1.29)

 
EM CRISTO OU EM CRISE?
Quem você tem ouvido? O barulho das tempestades ou as promessas das Escrituras? Certa vez Jesus repreendeu seus discípulos por não confiarem na sua palavra. Ele havia dito: "Vamos atravessar para o outro lado" (Mc 4.35). E, entraram no barco para fazer a travessia. Jesus, estava cansado e aproveitou o percurso para tirar um cochilo. De repente, levantou-se forte temporal, as águas batiam contra o barco, de modo que o mesmo já estava a encher-se de água (Mc 4.37). Jesus dormia porque cria no que havia dito. Só que seus discípulos não! Apavorados o despertaram dizendo: "Mestre, não te importa que pereçamos?" (Mc 4.38). Jesus acorda, repreende a tempestade, o mar se acalma, e faz outra repreensão, agora aos seus discípulos: "Ainda não tendes fé?" (Mc 4.40). Creia nas promessas de Cristo e não nas ameaças da crise. Tudo é do Pai, Ele tem tudo sob seu controle. Os ventos podem soprar seu barco, mas em Cristo você estará seguro. A Bíblia diz: "Já fui jovem e agora sou velho, mas nunca vi o justo desamparado nem seus filhos mendigando o pão." (Sl 37:25 NVI)
 
«InícioAnterior123456789PróximaFim»

Página 1 de 9