CULTO ao VIVO : transmissão em 26.11

+55 (42) 3223-7870 Rua Ayrton Playsant 458 Centro, Ponta Grossa, Paraná, Brasil
ACESSO para LÍDERES

A PÁSCOA PARA NÓS

por Pr Zildemar Godoy Wenceslau em 27.03.2017

Escrito por Pr Zildemar Godoy Wenceslau   
"Livrem-se do fermento velho, para que sejam massa nova e sem fermento, como realmente são. Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi sacrificado.
Por isso, celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da perversidade, mas com os pães sem fermento, os pães da sinceridade e da verdade." (
1ª Coríntios 5.7,8-NVI)

É interessante ver a Páscoa sendo comemorada no mundo inteiro e a maioria das pessoas não saberem o seu real significado. Hoje o coelho tem sido o principal símbolo da Páscoa, mas, o verdadeiro símbolo é o Cordeiro. Não um cordeiro qualquer, mas sim, “O Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (Jo 1.29)

1) A ORIGEM DA PÁSCOA – Êx 12.1-27

É uma festa instituída por Deus como um memorial para que os filhos de Israel jamais esquecerem que um dia foram escravos no Egito, e que o próprio Deus os libertou com mão poderosa, trazendo juízo sobre os deuses do Egito e sobre Faraó. Páscoa fala de libertação, de memória, de identidade.

2) O SIGNIFICADO PARA NÓS At 4.12

A palavra Páscoa vem do hebraico “Pesach” que significa “passagem”. O anjo da morte passou pelo Egito e quando via a marca do sangue nas portas dos hebreus, ele não entrava, ele as pulava, passava por cima, ou seja: passava sobre aquela casa poupando a vida de seus primogênitos (Êx 12.14). Páscoa fala de libertação, de salvação. Hoje somos salvos porque um dia Jesus derramou seu sangue por nós. Através do sangue de Jesus, passamos da morte para a vida (Jo 5.24). Nós temos a marca do Sangue!

3) COMEMORAR, SIM OU NÃO? – Êx 12.14

Claro que sim, pois é um memorial. Não existe problema em comer chocolates e ovos de páscoa, chocolates podemos comer em qualquer dia do ano. O que não podemos, é deixar de ensinar as pessoas sobre a verdadeira Páscoa.

Conclusão:

Páscoa fala de libertação. Faraó tipifica Satanás e o Egito o mundo, portanto agora que fomos libertos dos nossos delitos e pecados (Ef 2.1-5) devemos viver uma vida de santidade para que o fermento do pecado não nos contamine. Celebremos a Páscoa, mas de forma correta, honrado Jesus Cristo, nosso Cordeiro pascal. A Páscoa para nós é uma recordação diária de quem nos salvou. Glórias a Jesus!

A PÁSCOA PARA NÓS