CULTO ao VIVO : CLIQUE AQUI E ACESSE AGORA

+55 (42) 3223-7870 Rua Ayrton Playsant 458 Centro, Ponta Grossa, Paraná, Brasil
ACESSO para LÍDERES

NÃO FIQUE CATIVO PELA FALTA DE PERDÃO

Pra. Dora em 17.01.2016 às 09h30

Escrito por Pra. Dora   
17/01 | 09h30 | Pra. Dora | Texto base: Mt 18,23:35

NÃO FIQUE CATIVO PELA FALTA DE PERDÃO

Embasamento bíblico: O Santo Evangelho segundo Mateus (Mateus, capítulo 18, do versículo 23 ao 35) versão ACF

23. Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quis fazer contas com os seus servos;

24. E, começando a fazer contas, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;

25. E, não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, e sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo quanto tinha, para que a dívida se lhe pagasse.

26. Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.

27. Então o senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida.

28. Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão dele, sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves.

29. Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe, dizendo: Sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.

30. Ele, porém, não quis, antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.

31. Vendo, pois, os seus conservos o que acontecia, contristaram-se muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que se passara.

32. Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.

33. Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti?

34. E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia.

35. Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas.


Clique aqui para fazer o download desta mensagem! Botão direito e "Salvar destino como..."

NÃO FIQUE CATIVO PELA FALTA DE PERDÃO